O QUE É CELULITE?

O Que é Celulite e Quais são seus Tipos

O QUE É CELULITE?

O QUE É CELULITE?

Lipodistrofia Ginóide é o nome cientifico e correto da “celulite’”. A celulite  é uma alteração causada pelo acúmulo de gordura, água e toxinas nas células, fazendo com que essas células sejam cheias e endurecidas, deixando o local com desníveis (ondulações e retrações) e nódulos, que se demonstra externamente através dos furinhos indesejados na e/ou em “casca de laranja”. É causada por manifestações no tecido gorduroso sob a pele, em conjunto com alterações na microcirculação e consequente crescimento do tecido fibroso.

A celulite não é uma condição médica grave, mas pode causar mal-estar nas mulheres por causa da aparência que confere à pele.

Tipos

Os graus de celulite são avaliados por meio da “Cellulite Severity Scale. Essa classificação avalia a celulite de forma mais objetiva, e já é reconhecida internacionalmente.

Essa classificação avalia as principais peculiaridades clínicas da celulite, sendo elas:

  • Número e profundidade de depressões
  • Aspecto das áreas elevadas da celulite
  • Presença de lesões elevadas
  • Presença de flacidez
  • Graus da antiga classificação.

Cada um dos elementos acima recebe uma pontuação de zero a três, e a soma total dos pontos vai mostrar se a celulite é:

  • Leve (1 a 5 pontos)
  • Moderada (6 a 10 pontos)
  • Grave (11 a 15 pontos).

Além disso, de acordo com a nota de cada situação já é possível determinar como deve ser o tratamento mais produtivo. A utilização dessa nova escala define com maior precisão os graus de celulite, levando em consideração os detalhes clínicos mais elaborados para cada paciente.

Clique  na imagem acima e conheça o método

Clique na imagem acima e conheça o método

Causas

Existem vários fatores para uma pessoa causar celulite. Estar fora do peso ideal é um fator determinante, mas muitas mulheres que tem o peso normal, ou mesmo abaixo do normal, podem apresentar uma modificação no equilíbrio entre a quantidade de gordura do corpo e a massa muscular. Então, uma mulher magra pode ter uma proporção maior de gordura e menor de musculatura, mantendo normal ou baixo o seu peso final. Este excesso de gordura, associado à ação dos hormônios femininos e alterações na microcirculação e nos nervos linfáticos acabará formando celulite. Existem outros fatores externos como cigarro, estresse, má alimentação, poluição e falta de exercícios físicos.

Fatores de risco

O aparecimento da celulite é bem mais comum entre as mulheres do que entre os homens. Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, oito em cada 10 mulheres têm algum grau de celulite. Isso existe porque é mais comum nesse sexo à gordura se acumular nas coxas, quadris e nádegas – áreas normais para a celulite. Também é mais frequente nas mulheres devido à condição das fibras do tecido conjuntivo feminino, que é diferente da do homem, o que propicia o aparecimento da celulite.

Estar com celulite não significa que você está acima do peso. Até mesmo pessoas normais podem ter. Mas, se você está acima do peso, à eliminação do peso pode reduzir a celulite.

Outras situações que influenciam a quantidade de celulite que você tem e como é visível incluem:

  • Má alimentação
  • Dieta rica em gordura
  • Metabolismo lento
  • Sedentarismo
  • Alterações hormonais
  • Desidratação
  • Gordura corporal total
  • Espessura e cor da sua pele, sendo que a celulite tende a ser menos visível na pele mais escura.

Sintomas de Celulite

A celulite não é uma ocorrência médica grave, mas pode causar mal estar nas mulheres por causa da aparência que confere à pele. A pele com celulite parece ter covinhas ou depressões. Às vezes é vista como a casca de uma laranja. Em alguns casos, a celulite pode ser vista apenas quando a pele é comprimida. Para as celulites mais graves a pele parece acidentada, com buracos visíveis.

O QUE É CELULITE?

O QUE É CELULITE?

A celulite é mais comum em torno das coxas e nádegas, mas podem ser encontrada nos seios, abdômen inferior e braços.

Os casos mais normais são assintomáticos, mas os mais adiantados podem incluir:

  • Região mais fria
  • Endurecimento, dor e sensibilidade.
  • Pele com aspecto irregular.